Tudo que somos é a busca por aquilo que nos falta

o-grito.jpg

Não quero dizer
o que você deve fazer
muito menos
o que vocÊ deve pensar

Quero dizer
que estou de saco cheio de tudo isso
o que antes fazia sentido
hoje, acho ridículo

Descrente do coletivismo
Perdido no individualismo

A rotina me assassina
O dinheiro me causa desespero

O que eu sou? Um suicida
Que se mata e ressuscita todos os dias
Um anarquista
que toda autoridade renuncia
Um niilista
que não acredita em mais nada nessa vida
Um pessimista
que sente o mundo se desmoronar
mais e mais a cada dia
Um egoísta que luta por si
e pela salvação da própria vida
Um sentimentalista
que tudo que sente é de forma intensa e infinita

Posso ser tudo
Posso ser nada
Não passar de uma piada
com ou sem graça….

Ou simplesmente
Vagar sozinho bêbado na madrugada

Tudo que somos
é a busca por aquilo que nos falta.

(Gilcélio)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: