Arquivo para agosto, 2013

pOeSiA pERvERsA

Posted in Uncategorized on agosto 28, 2013 by gilknup

549720_467146949984391_1860129472_n

nA bUsCa PoR FeLiCidAdE
SeMpRe HaVeRá baRReIRaS
ImPeDiNdO a LibERdAdE.

pELaS RuAs Da CidAdE,
Os CaMiNhOs Se CRuZaM
pEsSoAs Se MisTuRaM
Se FUmAm
sE mAsTuRbAm,
Se EsTuPRaM

NãO TenHo MoRaL
NãO SoU sOciaL
sUa MeNTe SuJa E CoRRuPTa
É pIoR qUe MeRdA nO mEu Pau

esToU vOmiTaNdO,
dIzEnDo O qUe EsToU aFiM
áS 4:43 dA mAnHã,
NãO cOnSigO dORmIR
nEm ChEgAR aO FiM

FaLaR bOnITo ?
As VezEs eNcHe O sAcO!
DiZeNdO CoiSaS RoTeiRaDaS,
CoMo sE eSTivEsSe Em Um TeaTRo
FRusTRaDo
aBaNdOnAdO
ReJeiTaDo

SiNcERaMenTe ?
NãO qUeRo sAbER dE nAdA!
eScOLa
TRabALhO
TeR gRaNa
Ou De CoMpRaR uM caRRo.
MuiTo ObRiGaDo
Já TeNhO o QuE nÃo QuERo
E nÃo SeI o QuE qUeRo,

VoU doRmIR jÁ nÃo SeI mAiS
qUE RiMa PoR aQuI.
NeM eRa pRa EsSa PoRRa ExISTiR.

(giLcÉLiO)

E aGoRa ???

Posted in Uncategorized on agosto 28, 2013 by gilknup

311184_487088968002252_477222541_n

Perder o medo é o segredo
olho pra mim mesmo
sei que posso conseguir o que desejo

mas sempre
me perco
me escondo
não entendo
o que há de errado com meus sentimentos?

Sou tão esquisito e tímido
me considero o meu maior inimigo
quanto mais cheio são os lugares
mais me sinto sozinho.

(Gilcélio)

“Aqueles que lêem por ler, escrevem por escrever, obrigados pelo trabalho e pela escola, em troca de um salário ou de uma nota, ou mesmo para se promover querendo alguma vantagem obter, nunca poderão me compreender.” (Luiz Aurélio)

CoMo Eu QuERo

Posted in Uncategorized on agosto 26, 2013 by gilknup

1069420_544064215655404_685753755_n

Como eu quero acordar de manhã
E me sentir livre para ser eu mesmo,
Como eu quero que haja pessoas
Que me olhem sem preconceitos,
Como eu quero que nesse mundo
Nos aceite do nosso jeito.
 
Como eu quero sem medo
Declarar meu amor sem receio,
Como eu quero com consciência
Direcionar meu ódio contra o sistema e vencê-lo,
Como eu quero abrir os olhos e enxergar que as pessoas Não se matam por um falso respeito.
 
Como eu quero sorrir
Sem a necessidade de alguém agradar,
Como eu quero gritar
E ser ouvido em algum lugar,
Como eu quero chorar
Para minha alma aliviar.
 
Como eu quero que esses versos sejam sentidos
Por mim e pelas pessoas em todo lugar.

(Gilcélio)

POLICIAL PUNK

Posted in Uncategorized on agosto 22, 2013 by gilknup

lkkç

Largue a máscara que esconde um delegado
dei-xe de ser policia
eu corro do teu lado
chega de intimar e juntos vamos pogar
POR QUE se não posso pogar,
não é minha revolução!
Revolução, evolução, união !!!
Estamos juntos nessa, chega de opressão
Olhe pra si mesmo, antes de julgar
Não somos iguais,
mas temos o desejo de se libertar
Igualdade sem padrões
isso que queremos conquistar
Chega de policiamento barato
o inimigo não está em nós
Mas lá do outro lado
É o estado! a burguesia e o circo dos ricos
Que nos maltratam e enganam
E nós vamos deixar barato?
Acorde pra vida policial punk, viva!
Vamos pogar juntxs
Por que esta é a nossa revolução!

(João Ninguém, Gilcélio)

 

pReCiSo VoaR

Posted in Uncategorized on agosto 20, 2013 by gilknup

5850538145_43ec77c7e5_o

Não vou mais me segurar
Eu quero voar
Se desprender
Se libertar

Não quero olhar para cara do meu patrão
Faculdade?
Uma ilusão
Só me serve para absorver mais informação

Enjoei daqui
Rotina insistente
Deixa-me deprimente

Preciso de vida
Não de beber todos os dias

Eu quero leveza
Não se sentar atrás de uma mesa

(Gilcélio)

Revelando a mágica

Posted in Uncategorized on agosto 20, 2013 by gilknup

Food06.sized
um bom poema é como uma cerveja gelada
quando você está a fim
um bom poema é como um misto
quente quando você esta faminto, 

um bom poema é uma arma quando
a multidão te cerca,
um bom poema é algo que
te permite atravessar as ruas da morte,
um bom poema pode fazer a morte derreter como
manteiga quente,
um bom poema pode emoldurar a agonia e 
pendura-la na parede,
um bom poema permite teus pés tocarem a China,
um bom poema pode fazer uma mente despedaçada  voar,
um bom poema te permite cumprimentar Mozart,
um bom poema te permite jogar dados com o diabo e ganhar,
um bom poema pode fazer quase qualquer coisa, 
e o mais importante
um bom poema sabe quando
acabar.
 (Charles Bukowski)
No livro: Essa loucura roubada que não desejo a ninguém a não ser a mim mesmo amém.

Liberdade onde você está ?? Preciso te encontrar.

Posted in Uncategorized on agosto 19, 2013 by gilknup

526475_552522964809529_272354928_n

pulsações dilaceradas com a certeza do amanhã…nas incertezas das coesões de sentimentos…nos vemos perdidos no próprio tormento desumano….
fragilidade y obsessões nos transformam em fantasmas criando nosso próprio abismo…futilidades y autodestruição
onde está o encanto?

O encanto está na emoção
que nos faz andar na contra-mão
mas de certa forma nos prende
nos repreende, pessoas que so tem interesse
de nos sugar e nos ver doentes

os caminhos são contraditórios… por isso prefiro voar…voar y voar pra bem longe estar…. y nos estar …poder lembrar…viver y cantar com a melodia de nossa prosa…poder continuar…

Não quero raízes, me fixar, se acomodar
trabalhar, estudar para um escravo se tornar.
Quero ser livre, livre quero estar
não basta ir e vim para qualquer lugar desse lugar
mas sim, para todos os lugares , países e cidades
longe dessa triste realidade
descobrindo o que é bom de verdade.

(Paulin e Gilcélio)