Sobre a esperança de um mundo melhor

Posted in Uncategorized on dezembro 13, 2017 by gilknup

anarchy

Eu sou uma tentativa falha de niilista
tento todos os dias não me importar com porra nenhuma
Toca o foda-se, deixar pra lá…
Pra quê se preocupar? Se nada disso vai mudar

Mas eu me importo, me preocupo
não sou um produto sem vida
cego, surdo e mudo

Então é impossível não me revoltar
Com os absurdos que acontecem nesse mundo

Nem tudo podemos mudar
As desigualdades e injustiças
Sempre irão nos assombrar
Mas sei que a minha vida
Sou capaz de salvar
E que as pessoas ao meu redor
Eu posso ajudar.

Palavras não me dizem nada 
Se junto a elas não houver atitude
Positivismo não serve pra nada
Se junto a ele não houver plenitude.

Cansei de passa raiva
Gritar no escuro
E dar murro em ponta de faca

De tudo que perdi
É da esperança de um mundo melhor
Que eu mais sinto falta

(GiL)

Anúncios

Tattoo pra mim é assim…

Posted in Uncategorized on outubro 4, 2017 by gilknup

tattoo

Tattoo pra mim é como
Pixo e lambe lambe
Serve para ocupa espaço
Tampa buraco
Passa uma mensagem
Ou só uma impulsividade

É para não deixa nada vazio
As vezes é positivo
E outras vezes negativo
Se eu não conseguir um emprego por causa disso
Que se foda tudo isso

Tattoo serve pra afastar gente idiota e preconceituosa
Porquê se alguém me critica por isso
É por não compreender nada que eu sinto.

É a pintura da minha casa
O rabisco que incomoda
Não é moda!
Não é pra ser bonitinha e bem feita
Mas para transmitir revolta.

(GiL)

Todo mundo fala um monte de coisa mas ninguém sabe de nada.

Posted in Uncategorized on outubro 4, 2017 by gilknup

desobediencia é o caminho

Quanto mais me importo ou me preocupo com “algo’ 
Mais grilado e frustrado eu fico 
Acho que meu caminho é o “Foda-se” mesmo não tem jeito… 
No lugar de sermos ideologicamente perigosos e criativos 
Geral só olha para o próprio umbigo 
Só se importa com o que é bom para si
Sendo apenas escravos de um balde de lixo
Que se corrompe por status e grana
Sexo e drogas…
Somos todos pessoas mortas
A procura do ter para conseguir ser
Aquilo que nem lembramos mais o que é
Somente no fim que iremos nos encontrar
E descobrir se vale a pena continuar ou se matar.

Todo mundo fala um monte de coisa mas ninguém sabe de nada.

 

(GiL)

Tudo Muda

Posted in Uncategorized on outubro 4, 2017 by gilknup

Tudo muda constantemente
Nada é para sempre
Enquanto estiver bom
Que continue acontecendo
Quando for ruim, que acabe 
E caia no esquecimento

O fim é apenas um novo começo

(GiL)

Você não está sozinho

Posted in Uncategorized on fevereiro 20, 2017 by gilknup

you-are-not

Você não precisa concordar comigo
Para que sejamos amigos
Nem com o meu modo de pensar
Para comigo estar
Você não tem que gostar daquilo que gosto
Muito menos acreditar naquilo que acredito
Mas sim me respeitar como eu te respeito
E não ser um preconceituoso escroto comigo
Nem com quem eu amo, nem com ninguém.

As escolhas individuais, vem de dentro para fora
A sua vida é a sua vida! A minha vida é minha.
A vida dos outros é deles também.
O caminho que cada um escolhe pra si
Ninguém mais deve interferir.

O errado é fazer mau para os outros
O certo é fazer o que você gosta junto de quem você ama
Se isso a ninguém reprimir e oprimir
Que cada um faça o que estiver afim.

Fazer o mau é relativo, pois sempre existirão os inimigos
Que não são pessoas do seu dia a dia
Mas sim instituições, governos, o capitalismo e os fascistas
Pois eles nos fodem todos os dias
Então é contra eles que deve ser direcionada
A nossa rebeldia.

(GiL)

Vômito Subversivo 3

Posted in Uncategorized on dezembro 7, 2016 by gilknup

boo

A vida é curta e as obrigações são muitas
E para os padrões estabelecidos sobre ser isso e aquilo
Tenho um grande vai foda-se para tudo isso

O lance é mete o loco mesmo
Desobedecer, fazer acontecer
Aquilo que é bom para você

Encher a cara, fumar, amar, fuder
E se revoltar também, porquê não?
Pois a vida é dura, se você for mole
Ela te tortura.

A vida é sua, a escolha também
Não fazendo mau pro coleguinha
Tudo nos convêm…

Num é pagar de doidão não
É caminhar na contramão
Pixação, poesia, yomango e grindcore
Andar de bike, sabotar o estado
E para o capitalismo o boicote

Isso pode até não ser a solução
Mas são alternativas criativas
Para quem desacredita nas leis, regras e padrões
Daqueles que dominam nossas vidas

Se você não está comigo eu não estou com você
Estou por mim e por quem eu gosto
Pois quando eu estive por todos
Isso só me causou frustração e remorso

Quem só cruza os braços e reclama
Não me encanta
O deboísta passivo
Não me engana

Se você quer alguma mudança
Levanta o cu da cadeira e faça acontecer
Pois ninguém fará isso por você.

(GiL)

Doente

Posted in Uncategorized on novembro 21, 2016 by gilknup

sick

Entre ficar doente e morrer
Prefiro morrer!
Porra meo
Não consigo comer
Não posso sair
Nem beber
Me sinto fraco
Cheio de dores
Um peso para quem tem algo melhor pra fazer…

Se melhoro um pouco e faço algum esforço
A noite chega e me cobra ao dobro
Com fortes dores não consigo dormir
Não estou acostumado com isso
Então para mim é o fim

Sempre me senti forte e resistente
Com orgulho de comer e beber de tudo
Ser um junkie inconsequente
E nunca ficar doente
Mas agora estou mau, totalmente limitado
Dependente da ajuda de quem gosta de mim
Porquê o resto não esta nem ai

Febre, dor de cabeça, garganta inflamada
Se fumo queimo minha goela
Se como desce igual uma pedra
Quando bebo desce rasgando
Tenho que fica esperto em toma o remédio na hora certa
E ser sempre gentil com quem me ajuda
Para não ser deixado na mão
Pois se eu ficar sozinho, a morte é a única solução.

(Gilcélio)